10 cachoeiras para serem visitadas no Brasil
20/11/2017 - 11h12 em Mundo

Cachoeira da Fumaça (BA)


(Foto: Conrado Estevão Ijanc Neto/Creative Commons)

A região da Chapada Diamantina, na Bahia, é um dos melhores lugares para admirar quedas d'água fantásticas em todo o Brasil. Uma delas é a Cachoeira da Fumaça, com cerca de 340 metros de altura (é a segunda maior do Brasil). Saindo do município de Lençóis, viajantes chegam a caminhar três dias até atingir a parte baixa da Fumaça, de onde podem observar toda sua imponência. Há trilhas que também levam ao topo da cachoeira, que oferece uma visão igualmente fantástica.   

Cachoeira do Caracol (RS)


(Foto: Marcos Nagelstein/UOL)

A Cachoeira do Caracol fica entre as cidades de Gramado e Canela, dentro do Parque Estadual do Caracol, e merece ser visitada pelo turista que está hospedado em um destes dois charmosos municípios gaúchos. Trata-se de uma queda d'água com mais de 130 metros de altura que embeleza (e muito) um trecho selvagem e lindo da Serra Gaúcha. E há diversos mirantes na área que oferecem vista privilegiada para a cachoeira no interior do Parque Estadual do Caracol.   

Cachoeira Boca da Onça (MS)


(Foto: Sergio Alexandre Korndorfer/Creative Commons)

A Cachoeira Boca da Onça é uma atração imperdível para os turistas que visitam a cidade de Bonito, um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil. Ela fica a cerca de 70 km do município sul-matogrossense, em Bodoquena, e tem 156 metros de altura. Suas águas escorrem por uma encosta verdejante e se unem ao rio Salobra, em uma imagem típica de cartão-postal. Para chegar até a Boca da Onça, os viajantes fazem uma trilha que passa por outras cachoeiras e muita mata.   

Véu de Noiva (MT)


(Foto: Bruno Oliveira/UOL)

A Cachoeira Véu de Noiva é um dos principais cartões-postais da Chapada dos Guimarães, um lugar onde não faltam visões lindas para encantar o turista. Trata-se de uma queda d'água de 86 metros formada pelo rio Coxipó que realmente lembra o véu de uma noiva (e que pode ser observada e admirada de excelentes mirantes que existem no parque). E o melhor: a água cai no meio de uma área de densa mata, que aumenta ainda mais a beleza do cenário. Trata-se de uma visão imperdível para quem visita a Chapada dos Guimarães.  

Cachoeira do Tabuleiro (MG)


(Foto: Rafael dos Reis Pereira/Creative Commons)

Localizada no município de Conceição do Mato Dentro, no Parque Estadual Serra do Intendente, a Cachoeira do Tabuleiro é mais alta de Minas Gerais e a terceira maior do Brasil. Tem nada menos do que 273 metros de altura e despenca sobre um imponente paredão no meio de uma região selvagem e parcialmente coberta por flores conhecidas como sempre-vivas. Turistas chegam a caminhar mais de duas horas para chegar até esta obra-prima da natureza, mas o cansaço é compensado pelo lindo poço da cachoeira.   

Cataratas do Iguaçu (PR)


(Foto: Eduardo Vessoni/UOL)

Mais famoso conjunto de cachoeiras do país, as cataratas do Iguaçu devem ser visitadas por qualquer brasileiro que ame viajar. Localizadas parcialmente no Paraná, essas quedas d'água chegam a ter 80 metros de altura e impressionam os turistas com seu volume e barulho ensurdecedor. A área exibe um total de 19 quedas d'água principais, contando com o setor que pertence à Argentina. E a maior parte desta linda paisagem pode ser vista desde as passarelas que existem no lado brasileiro.   

Cachoeira do Segredo (GO)


(Foto: Leobrj/Creative Commons)

A Chapada dos Veadeiros, em Goiás, é outro destino de ecoturismo brasileiro com abundância de cachoeiras e outras belezas naturais. Uma de suas quedas d'água mais famosas e imperdíveis é a Cachoeira do Segredo, aonde os viajantes chegam após percorrer uma trilha de quase dez quilômetros em meio a rios e áreas de mata. É difícil não ficar fascinado ao atingir a cachoeira: sua altura é de mais de 110 metros e oferece um poço (geralmente bem gelado) onde os visitantes podem nadar e se refrescar.   

Cachoeira São Romão (MA)


(Foto: Otávio Nogueira/Flickr)

O Parque Nacional da Chapada das Mesas, no Maranhão, é um paraíso para quem gosta de cachoeiras: são dezenas delas dentro desta reserva ecológica do Nordeste. Uma das mais interessantes é a cachoeira São Romão (na foto), que apresenta um fortíssimo fluxo de água e ajuda a formar uma piscina natural perfeita para se refrescar do calor desta parte do Brasil. A cachoeira do Prata é outro cartão-postal que deve estar no roteiro de quem explora a região da Chapada das Mesas.     

Casca D'Anta (MG)


(Foto: Gabrielribeirov/Creative Commons)

A Casca D'Anta é outra interessantíssima queda d'água localizada no Estado de Minas Gerais. Ela está na lindíssima Serra da Canastra e tem mais de 180 metros de extensão. A cachoeira cai por um fotogênico paredão de pedra e forma um poço de igual beleza. E o melhor: é possível admirar este monumento da natureza tanto de sua base como da sua parte mais alta, desde o topo da montanha onde ela está localizada.   

Cachoeira do Escorrega (RJ)   


(Foto: Nancy Campos/UOL)

A área de Visconde de Mauá, na fronteira do Rio de Janeiro com Minas Gerais, é, há muito tempo, um paraíso do ecoturismo. Isso porque toda a região está forrada por linda natureza, o que inclui, naturalmente, atrativas cachoeiras. Uma das mais legais delas é a Cachoeira do Escorrega, que fica perto da vila de Maromba. Suas águas deslizam por uma formação rochosa, formando uma espécie de toboágua, onde os turistas podem deslizar e cair num bela piscina natural. A Cachoeira de Santa Clara também deve ser visitada na área.

COMENTÁRIOS